Total de visualizações de página

domingo, 6 de novembro de 2011

Chuva - Marília R. Alencar Marinho

Oh, chuva que vem
E me molha por inteira
Lavando minha alma
Passando-me numa peneira...

Renova minhas idéias
Leva embora a tristeza
Acaba com as angústias
Faz-me viver com leveza...

Leveza de aproveitar
Os pequenos instantes
De saber apreciar
O barulho da água incessante...

Faz-me reparar melhor
Nos frutos belos da natureza
Faz-me desfrutar
Do simples, do cantar singelo

Do cantar dos passarinhos
Do arco-íris que surge
Do cheiro molhado da terra
Do brilho no olhar que urge

Faz também eu perceber
A grandeza do dia ensolarado
Após tantos dias chuvosos
O sol reaparece dourado...

Sinto o quão é importante
Um dia de chuva para refletir
E como traz alegria
O novo dia, o sol a surgir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário