Total de visualizações de página

domingo, 23 de outubro de 2011

Antunes - De Marília Rodrigues Alencar Marinho

Ser correto
Ser brilhante
Insubstituível
Amante.

Ser sincero
Ser bacana
Indiscutivelmente
Montanha.

Montanha de amor
Montanha de calma
Inesquecivel
Alma.

Alma de bem
Homem amado
Inesperadamente
Amarrado.

Amarras de amor
Selada a união
Entre o Direito e a Medicina
Entre a razão e a emoção.

Somos sol e lua
Somos terra e ar
Somos mais que união
Somos um belo par.

Para fechar essas linhas
Quero apenas afirmar
Não há amor maior no mundo
Para sempre vou te amar...

Escrita por mim, Marília Rodrigues Alencar Marinho, em 23.10.2011, em homenagem ao meu marido Francisco Antunes Silva Marinho, a quem tanto amo. Comemorando 3 anos e 4 meses juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário