Total de visualizações de página

quarta-feira, 31 de março de 2010

Um minuto - Marília R. Alencar.

Como eu queria
Um minuto a mais
Do seu sorriso
Um minuto a mais
Da sua alegria
Um minuto a mais
Dos seus conselhos
Um minuto a mais
Das suas brincadeiras
Um minuto a mais
Do seu silêncio
Um minuto a mais
Do bate papo no bar
Um minuto a mais
Do almoço de domingo
Um minuto a mais
Do seu carinho
Um minuto a mais
Do seu abraço.
Amo você, pai.
E é para sempre. Marília R. Alencar. 30.03.10

segunda-feira, 22 de março de 2010

Amo

Amo
Amo com a infinitude
Do meu ser.
Amo com toda a minha alma.
E este amor por você
Nasceu há tempos...
Mas, mesmo infinito,
Ainda insiste em crescer!
E meu coração
Vive em festa
Por te amar...
E busca,
Ansiosamente,
A felicidade ao seu lado.
Mas, minha razão
Já percebeu!
A felicidade
Chegou e ficou!
Minha felicidade,
Meu tudo,
Minha vida
É você! Marília Rodrigues Alencar. 20.03.2010. Para Antunes.

Mudança

Mudança...
A vida virou
De um jeito
Que nem pude
Perceber...
Mudou
Simplesmente.
Algo levou embora
Meu ser mais amado
E algo me fez despertar
E lutar.
Lutar pelo amor verdadeiro
Lutar para vencer
Lutar no agir, no fazer
Trabalhar para ganhar "o comer"
E, mesmo embaixo de lágrimas,
Sofrimento e dor,
Despertei para o amor
E tudo só me fez crescer. Marília Rodrigues Alencar. 20.03.2010